segunda-feira, outubro 06, 2008

O PT e as eleições municipais

O Partido dos Trabalhadores (PT) elegeu ontem 6 (seis) prefeitos nas capitais que decidiram a eleição no 1º. turno: Fortaleza, Recife, Vitória, Rio Branco, Palmas e Porto Velho. Além disso, do total de 15 (quinze) capitais que decidiram a votação no 1 turno, o PT ainda venceu (na coligação) em outras 4 (quatro): Goiânia (PMDB-PT), João Pessoa (PSB-PT), Aracaju (PCdoB-PT) e Boa Vista (PSB-PT). O 2º. turno será disputado, portanto, nas outras 11 (onze) capitais. Das 11 capitais, o PT está disputando em São Paulo, Salvador e Porto Alegre, além de participar da coligação em Belo Horizonte, Cuiabá e São Luís.

Na última eleição municipal (2004) o PT elegeu 9 (nove) prefeitos nas capitais, podendo chegar ao mesmo número este ano. E se é verdade que as capitais dos estados apontam uma influência política importante para projetar as eleições estaduais de 2010, também é verdade que o número de eleitores de cada uma delas deve ser analisado para verificar a real dimensão dos votos destinados aos partidos numa eleição nacional (para presidente).

Alguns destaques. Uma disputa interessante vai ocorrer em Salvador (4º. maior colégio eleitoral do país), quando PT e PMDB vão disputar a prefeitura, depois de "eliminar" o neto do falecido ACM. E em São Paulo, o DEM tem a última chance de eleger alguém: Kassab X Marta. Já no Rio de Janeiro... Bom, o Rio de Janeiro continua sendo uma cidade esqusita. Depois de eleger o Prefeito Maluquinho (César Maia-DEM), vai eleger o Eduardo Paes (ex-PSDB, atual PMDB) ou o Gabeira (“ex” um monte de coisa, inclusive petista, e agora um “político pragmático”).

Já na minha Fortaleza e na Recife dos meus pais (5º. e 7º. colégios eleitorais do país, respectivamente) o PT foi reeleito no 1 turno (como já dito anteriormente). Muito bom.

E em Floripa, o PT ficou em 5º. Lugar, com míseros 6,84% dos votos e apenas um vereador (reeleito, Márcio de Souza). Muito ruim o resultado. O PT perdeu, além de da capital, em Criciúma (Décio Góes), Itajaí (Volnei Morastoni), Blumenau (Décio Lima) e Chapecó (José Fritsch) e venceu em Concórdia, São Miguel do Oeste, Brusque. Se confirmar a eleição em Joinvile (maior colégio eleitoral do estado, com Carlito) pode comemorar um resultado um pouco mais satisfatório no Estado. 

Nenhum comentário: