domingo, outubro 24, 2010

Há algo de podre no principado de Santa Catarina I


Hoje, em Florianópolis, um litro de gasolina custa a "módica" quantia de R$ 2,69 (comum) e de R$ 2,79 (aditivada). 
Até a semana passada esse mesmo litro custava R$ 0,10 a menos.
E uma semana antes das eleições do primeiro turno, custava R$ 0,50 a menos. Isso mesmo, pagava-se pelo mesmo litro de gasolina, no mês de setembro, o valor de R$ 2,09 (comum)!!!
Somando-se os aumentos, chegamos a algo próximo de 28,7%!!!
O que poderia explicar tamanha "volatilidade"???

1ª Tese - O risco de escassez de etanol

Matéria publicada pelo DC a respeito da maior procura de GNV aposta que os aumentos no valor dos combustíveis continuarão:

2ª Tese - Fim das promoções


3ª Tese - Cartelização

Trabalho de Conclusão de Curso de aluna Patrícia Castro Scuro da Economia da UFSC conclui, a respeito do período 2000-2004 e do mercado varejista de venda de combustíveis em Florianópolis que:

Nenhum comentário: