quinta-feira, maio 21, 2009

Conferência Nacional de Comunicação

Reproduzo aqui uma postagem do blog do Luis Nassif:

"Por Marco Antônio P. N. Sênior

NASSIF,

Eis um assunto a ser discutido
em seu BLOG:

CONCESSÕES DE RÁDIO & TV
Pela máxima dispersão da propriedade
Por Venício A. de Lima em 19/5/2009

Um dos resultados positivos da frustrada tentativa da FCC (Comissão Federal de Comunicações, na sigla em inglês) de “flexibilizar” normas restritivas à propriedade cruzada da mídia (jornal, rádio e televisão), que se seguiu à onda de privatizações das telecomunicações nos Estados Unidos, foi não só a articulação da sociedade civil contra essas medidas mas, também, o surgimento de sólidos estudos que justificaram a permanência das restrições.
O renomado professor de Direito da Universidade da Pennsylvania, C. Edwin Baker, especialista na Primeira Emenda da Constituição dos EUA, por exemplo, publicou em 2007 (Cambridge University Press), o livro Media Concentration and Democracy - Why Ownership Matters (Concentração na mídia e democracia - Por que a propriedade é importante). Entre outros argumentos, Baker defende vigorosamente o princípio da máxima dispersão da propriedade (maximum dispersal of ownership). Ele demonstra que quanto maior for número de “controladores” dos meios de comunicação, isto é, quanto mais estiver distribuído o poder de comunicar, melhor servida será a democracia. Na verdade, mais “controladores” significa a possibilidade do exercício da liberdade de expressão por um número maior de cidadãos."

Para ler todo conteúdo, clique aqui

Nenhum comentário: